Responsável pela exploração da fábrica de malte

O responsável pela exploração participa na determinação de objectivos de produção do malte, como custos, prazos, qualidade e quantidade. Isto implica uma colaboração estreita com os serviços da Malteurop, as cervejeiras clientes e os fornecedores de cevada.

Podemos chamar-lhe de “homem do malte”, porque é ele que, estando mais próximo do produto, segue todos os dias as etapas de evolução da semente, garantindo a qualidade do malte produzido. Ele assegura a regularidade deste, de acordo com as exigências dos clientes, trabalhando numa matéria-prima viva, não homogénea e constantemente diferente. O seu desafio é adaptar permanentemente o processo de fabrico de acordo com as matérias-primas que dispõe e os cadernos de encargos dos clientes, procurando melhorar os produtos e procedimentos.

Para além de técnico do processo industrial, ele é também um excelente gestor, intervindo na evolução das competências dos membros da equipa de produção. Ele está encarregado de animar e dirigir a sua equipa composta por condutores e operários de produção. A autonomia, comunicação, trabalho em concertação são primordiais, pois a fábrica funciona constantemente, as instalações “pesadas” e automatizadas são imensas e as tonelagens manipuladas são volumosas.

A segurança é por isso crucial para todos e é da responsabilidade do responsável pela exploração. Ele tem de se certificar de que a sua equipa trabalha em boas condições e com toda a segurança. Para isso, ele implementa medidas preventivas, formações e equipamentos adaptados. Com a ajuda do responsável técnico, ele também assegura a segurança das instalações, prevenindo os riscos de explosão.

Ele é o principal responsável pela optimização das ferramentas de produção, propondo melhorias nos procedimentos e nas instalações, compatíveis com o respeito pelo ambiente.